Final de ano: 5 cuidados essenciais com os pets para boas festas

Final de ano: 5 cuidados essenciais com os pets para boas festas

O ano que passou foi de muitos desafios e transformações na nossa rotina. Para os pets também foi um ano atípico: inicialmente eles puderam passar mais tempo com os seus tutores, mas, sofreram com a readaptação da rotina antiga. A verdade é que foram tempos de muita aprendizagem para os cães e também para os seus tutores. Agora no final de ano não é diferente, é preciso estar atento a cuidados com os pets para aproveitar as festas com segurança.

Final de ano: 5 cuidados essenciais com os pets para boas festas

1 – Final de ano: Check-up antes e após as férias

Pensando em viajar com seu pet? Então saiba que a visita ao veterinário antes de ir viajar é fundamental para que o peludo possa estar protegido contra as possíveis doenças que podem acometê-lo nestes dias. Também é importante uma avaliação clínica e laboratorial do animal semanas após ter retornado de viagem.

2 – Final de ano: Cuidados durante a viagem

Para o pet que vai viajar de carro é importante acomodá-lo com o uso do cinto de segurança e fazer paradas para o xixi. Quem não pode levar o pet na viagem pode optar pelo hotelzinho. Nos dois casos, não se esqueça de levar tudo o que o peludo vai precisar como a cama, o alimento que ele consome, os potes de água e comida, os medicamentos que ele toma e os brinquedos.

3 – Final de ano: Hidratação no verão

É importante incentivar que o peludo beba bastante água nesta época, pois o calor pode deixar o pet desidratado. Uma dica é espalhar potes de água por vários lugares da casa e trocar a água mais de uma vez ao dia, mantendo-a sempre limpa e fresca.

4 – Final de ano: Horário dos passeios

O ideal é programar os passeios para o início da manhã e/ou final da tarde (antes das 10 horas e após às 18 horas). O calor, nestes horários, é menor. Se o cachorro ficar muito ofegante, para evitar o aquecimento do corpo, borrife água no dorso e nas patinhas. Isso ajudará a resfriar o animal. Caso ele continue ofegante, interrompa o passeio e o leve para casa.

5 – Final de ano: Medo de fogos de artifício

Esse é um dos problemas mais comuns nesta época do ano. Uma dica é ir acostumando o pet com barulhos altos (seja da TV, música, etc). No dia do Natal e do Ano Novo, mantenha o cão em um lugar seguro (sem vidros e janelas abertas) e não tente prendê-lo na coleira, se puder, fique ao lado dele. Caso contrário, deixe o peludo em um ambiente com objetos que o confortem como a caminha, os brinquedos e até uma roupa que tenha o seu cheiro.

Fonte: www.alavoura.com.br

Compartilhe esse post

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. * Campos obrigatórios