Faça você mesmo o presente para seu pet

Faça você mesmo o presente para seu pet

Uma das melhores coisas da vida é poder conviver com um animal. Cães são companheiros que trazem muita alegria para o lar. Já os gatos, carinhosos e charmosos garantem um especial afeto. Melhor ainda é poder retribuir todo o amor que recebemos de nossos pets com um presente que tenha sido feito por nós mesmos. Sugerimos alguns presentes, lindos e baratos para você fazer para o seu animalzinho: Dicas de presentes para seu pet Brinquedo: Bola de meia Este é um brinquedo muito fácil de fazer, porque agrada cães e gatos. Você pode pegar uma meia velha (ou outro pano de outra roupa que não esteja sendo utilizada) e colocar uma bola de tênis dentro. Feche com um nó de meia calça ou outro pano. Caso não tenha uma bola de tênis, você pode colocar qualquer outra bolinha macia, mas desde que tenha peso para quicar. Presente: Barraca de gato As barracas de gato são bem fáceis de fazer, além disso você não precisa gastar nada. Utilize uma caixa para base e cubra-a com uma camiseta velha, deixando o buraco da cabeça para servir como entrada para a barraquinha. Presente: Rede de gato Os gatos adoram ficar suspensos ou nas alturas. Para fazer este presente de rede é muito simples, basta utilizar uma peça de roupa velha ou pedaço velho de cobertor e amarrar as pontas em algo que dê suporte, nas pernas de uma mesa por exemplo. Você pode demorar para encontrar o gatinho, mas vai se divertir ao descobrir que ele está dormindo na rede debaixo da mesa. Presente: Porta-alimentos para cães Um porta-alimento para os cachorros é garantia de diversão por horas. Utilize uma ou duas garrafas PET que tenha em casa. Lave-as bem, deixe secar naturalmente e depois coloque dois dedos de ração. Basta então deixar as garrafas suspensas por um bastão em um apoiador, como na imagem. Brinquedo: Meias com catnip Um presente muito fácil e barato de fazer. Catnip pode ser encontrado em qualquer petshop. Se você tutela um gato, sabe onde fica o mais próximo. Pegue algumas meias velhas que não usa mais, coloque um punhado de catnip dentro e então amarre. Pendure as meias cheias de catnip no teto ou em outra área coberta (pode ser debaixo da mesa também). Pronto, uma diversão barata, fácil e garantida para o felino. Presente: Caminha na mala Os cãezinhos merecem todo o conforto do mundo. Pegue uma mala velha que não utilize mais e também um travesseiro que alguém não queira mais usar. Coloque o travesseiro na mala e apresente-a ao seu cão. Ele vai cheirar, deitar, dormir, e, claro, te amar. Embora nós devamos sempre dar preferência na utilização de itens que serão descartados ou não serão mais utilizados por ninguém, devemos ter certeza de usar um material limpo e higienizado. O mesmo asseio que dedicamos para nós deve ser dedicado para nosso cães e gatos. Fonte: https://cisavet.com.br/

Faça você mesmo: Arranhador para Gato

Faça você mesmo: Arranhador para Gato

Os arranhadores para gatos são muito legais para entretê-los e ainda evitar que eles queiram afiar suas unhas em seu sofá. Se você é gateiro, com certeza vai adorar essas dicas! Faça você mesmo um arranhador simples e muito útil para o seu gato. Simples e facílimo de fazer em casa! Faça você mesmo: Como fazer um Arranhador de Papelão para gatos Você vai precisar de: ·         Caixas de Papelão; ·         Tesoura; ·         Cola; ·         Tintas, adereços (opcional);   Modo de fazer: 1)      Corte pedaços de papelão na mesma largura; 2)      Faça um caracol, enquanto vai colando o papelão; 3)      Se quiser personalize a área externa pintando da cor preferida; 4)      Deixe no sol para secar e depois deixe seu gatinho brincar a valer. Serve até de caminha!   Fonte: https://comofazeremcasa.net/  

Kit de primeiros socorros para pets: faça você mesmo

Kit de primeiros socorros para pets: faça você mesmo

Prevenir é melhor do que remediar. Isso também vale para os nossos animais de estimação. Às vezes é inevitável que eles se machuquem, mas, felizmente, um simples kit de primeiros socorros para pets pode ser uma solução rápida para pequenos problemas de saúde. Por que é importante ter um kit de primeiros socorros? Os animais podem sofrer acidentes, seja em casa ou na rua. Durante o dia a dia, nossos bichinhos estão expostos a diferentes situações que podem representar um risco para a sua saúde. Entre elas, podemos destacar: Cortes, em casa ou na rua. Dependendo da gravidade, eles podem provocar sangramentos. Queimaduras; Mordidas, por acidente ou por confronto com outros animais. Asfixia, indisposição intestinal ou intoxicação. Quedas ou traumatismos causados, por exemplo, por atropelamentos. Para muitas dessas situações, um kit de primeiros socorros é um ótimo aliado. No entanto, é preciso ter em mente que esse kit de primeiros socorros não substitui a consulta com um veterinário. Além disso, é altamente recomendável que todos os produtos do kit, especialmente produtos farmacêuticos, sejam aprovados para uso veterinário. Para fazer um kit básico, precisamos dos seguintes produtos: Luvas de látex: assim, garantimos um grau extra de higiene; Gaze, fita e ataduras: muito úteis quando ocorrem cortes, feridas e sangramentos; Soro fisiológico: para limpar a área dos olhos e as feridas; Tesoura; Termômetro retal; Pomadas: podem ser úteis no tratamento de picadas e reações alérgicas.Este tipo de produto costuma ser receitado após uma consulta com o veterinário. Dessa forma, é possível curá-los completamente ou, controlar a situação provisoriamente enquanto procuramos um veterinário. Produtos adicionais O kit de primeiros socorros pode ser complementado com alguns elementos mais específicos, que geralmente dependem do animal de estimação de cada um. Alguns deles são: Pinça especial para remover carrapatos; Cortadores de unhas; Produtos de limpeza para os ouvidos, muito apropriados no caso dos cães; Protetor de almofadas, caso o animal sofra algum tipo de irritação com tecidos; Indutor de vômito, que pode ser de grande ajuda para envenenamentos; Produtos antiparasitários específicos: além de proteger o cão com coleiras ou ampolas, recomenda-se sempre uma proteção extra, como uma coleira extra ou um spray antiparasitário. Certifique-se que tudo que está contido no kit esteja dentro do prazo de validade. Essa revisão periódica é fundamental no caso de medicamentos, seja para uso tópico ou oral. Por fim, mas importante,  consulte seu veterinário para garantir que tudo no kit seja adequado para o seu animal de estimação. Além disso, para garantir rapidez no momento de emergência, coloque o kit em um local de fácil acesso, mas seguro.   Fonte: https://meusanimais.com.br/

Como limpar as orelhas dos gatos

Como limpar as orelhas dos gatos

Os gatos são criaturas limpas por natureza. No entanto, existem certas áreas, como as orelhas, que eles não conseguem acessar com tanta facilidade. A higiene das orelhas dos gatos é a chave para evitar infecções e detectar possíveis doenças. A importância de limpar as orelhas dos gatos A anatomia dessa parte do corpo felino faz com que as partículas presas no canal auditivo não possam ser facilmente expelidas sem a ajuda de uma pessoa. Sem essa assistência, é provável que o elemento estranho fique preso e cause infecções no ouvido. Se elas não forem tratadas, podem ameaçar a vida do animal. Para realizar esta tarefa, é importante usar um produto especial para orelhas felinas, que não irrite o canal auditivo. Alguns produtos de limpeza contêm agentes antibacterianos ou repelentes de fungos que podem até prevenir futuras infecções. Passo a passo para limpar as orelhas dos gatos Recomenda-se sentar em um lugar confortável e colocar o gato no colo. Para evitar arranhões, envolva o animal em uma toalha, o que manterá seu corpo imobilizado; Com a orelha do gato levantada, pingue algumas gotas do produto limpador no interior da orelha. Depois de terem caído no interior sem problemas, continue introduzindo a solução até que o ouvido fique completamente cheio; A ponta do recipiente não deve ser inserida na orelha do animal, pois deve ser mantida estéril; Massageie a área para que o produto possa dissolver qualquer elemento estranho alojado dentro do canal auditivo que possa levar à otite; Com um pouco de algodão, limpe o excesso de produto e qualquer elemento estranho que saia do ouvido. Nunca use um cotonete: isso pode danificar o canal auditivo; Finalmente, recompense o animal com um prêmio pela sua paciência e deixe-o livre. Se quiser, repita o processo com a outra orelha logo em seguida, ou espere outro momento se o gato estiver muito irritado. Caso já exista uma infecção e o veterinário já tenha sido consultado, o medicamento deve ser aplicado diretamente no ouvido de maneira semelhante. Como existem muitos tipos de medicamentos no mercado, consulte um profissional antes de prosseguir com a administração.   Fonte: https://meusanimais.com.br/

Camas diferentes para gatos

Camas diferentes para gatos

Já demos algumas dicas para você criar um gato saudável e feliz. Uma delas era dar bastante importância às sonecas do felino, que costumam dormir de 12 até 16 horas por dia! Então, nada mais sensato do que deixar a cama dele mais aconchegante e divertida com suas próprias mãos. Quem nunca encontrou seu gatinho escondido em algum canto da casa, em uma caixa ou lugares bem difíceis de se ver? Isto acontece por causa da natureza curiosa e olfato apurado destes animais, que fazem com que ele tenha vontade de achar novos esconderijos para descansar. Com isso em mente, você pode usar da criatividade para inventar novas camas e lugares curiosos para seu pet tirar pequenas sonecas: Uma mala ou bagagem de viagem que você já não usa mais. Basta deixá-la deitada com uma pequena almofada no interior. O animal já vai querer explorar e se aconchegar lá dentro. Um pequeno cesto de roupas ou balde deitados também são opções que o pet vai gostar. Basta colocar algum tipo de almofada ou tecido fofo no interior, para que ele tenha mais um novo lar. Caixas de papelão são alternativas fáceis e que quase todo gato adora. Se seu animal de estimação for pequeno, até uma caixa de sapato serve como cama! Os felinos também gostam de alturas. Coloque um pequeno colchão em alguma prateleira de sua casa e ele estará pronto para um cochilo bem tranquilo. Lembre-se que, apesar de seu pequeno amigo sempre procurar novos cantos para se esconder, ele também deve ter um um cantinho específico e fofinho para aquela um sono mais longo. Fonte: Meu animais